domingo, 5 de abril de 2009

Principais autores e obras na Literatura e nas artes

A Criação de Adão, de Michelângelo (detalhe do teto da Capela Sistina)


Na Itália, destacaram-se nas letras os autores Francisco Petrarca e Giovanni Boccaccio, autor da obra Decameron, que expressou a crise dos valores da época com a introdução de elementos eróticos na prosa. Ainda Nicolau Maquiavel, que na obra O príncipe, reuniu os anseios da burguesia em torno de um estado centralizado e desvinculado com controle da Igreja através de um manual sobre a arte de governar. Os principais artistas plásticos da Itália foram Giotto, Masaccio e Boticcelli, além dos grandes nomes da pintura Leonardo Da Vinci, Rafael e Michelangelo, considerado a maior expressão da escultura renascentista, cujas principais obras foram Moisés, Davi e Pietá.

O holandês Erasmo de Roterdã, considerado o “Príncipe dos Humanistas”, tentou conciliar o cristianismo ao racionalismo renascentista e elaborou críticas ferrenhas ao comportamento do Clero. Sua principal obra foi Elogio da Loucura. Na Inglaterra, onde o renascimento começou um pouco mais tarde, por volta do século XVI, destacaram-se William Shakespeare, o grande teatrólogo do Renascimento, e Thomas Morus.

Tanto na Espanha, quanto em Portugal, o Renascimento foi dificultado pela Contra-Reforma e pela descoberta do Novo Mundo. Na Espanha, destaque para o pintor El Greco e para o escritor Miguel Cervantes, criador da famosa obra Dom Quixote. Em Portugal, destacaram-se o teatrólogo Gil Vicente e o poeta Luís de Camões, a figura máxima do Renascimento português, que em sua obra mais marcante, Os Lusíadas, funde elementos épicos e líricos, misturando elementos da cultura clássica com fatos da própria história portuguesa, exaltando o expansionismo português e o Humanismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário